Categorias

Mais recentes

CLUBE FAZENDA NOTA 10

CLUBE FAZENDA NOTA 10! INICIATIVA AJUDARÁ QUEM NÃO CONSEGUE MEDIR OS NÚMEROS DO REBANHO

11 de Outubro de 2023

Leia mais

Mais visitados

Aprofunde-se no plano de negócios, pois na prática, nem tudo dá certo

Era o aluno mais motivado de uma turma de um de nossos cursos de gestão de fazendas. A mudança seria radical no projeto, mas ele estava decidido, pois a ideia prometia mui

29 de Março de 2019

Leia mais
Saiba como evitar o desperdício na Pecuária

Para o pecuarista obter maiores índices de lucratividade, em sua propriedade, não basta apenas produzir e vender mais, é necessário também controlar custos e evitar desperdícios, o que acaba ocorrendo

27 de Maio de 2020

Leia mais
Solução Completa para Gestão de Fazendas Lucrativas

A pecuária atual não é mais para amadores, o gerenciamento da empresa pecuária é fundamental. Para ser um excelente gestor, o produtor precisa conhecer os principais indicador

26 de Abril de 2022

Leia mais

Como ter uma fazenda de cria top rentável, que ganha até R$ 700 por hectare?

https://youtu.be/m34qYe3cC-k

O rastro do sucesso para as fazendas de cria. Foi o que anunciou em mais uma edição do quadro Dicas do Chaker, no Giro do Boi desta quinta, 17, o zootecnista e mestre em produção animal Antonio Chaker, diretor da Inttegra. “Se você quer entender quais são os indicadores que definem o êxito de uma fazenda de cria, que produz bezerro, essa dica é pra você”, anunciou.

Chaker começou apontando qual o potencial de resultado por hectare de uma fazenda voltada à produção de bezerro. “Você precisa ter o seguinte entendimento: a cria, na média, deixou em torno de R$ 250,00 por hectare. Porém os melhores deixaram R$ 679,00 por hectare”, quantificou.

“Esses R$ 679,00 por hectare representam 3% sobre o que vale a terra, incríveis 22% sobre o que vale o rebanho – um petardo, um resultado maravilhoso que a cria deixou pelo que vale o gado – 1,8% ao mês, que é uma delícia de resultado. Hoje a gente faz de tudo, como poupança, aplicações e não dá nem 0,4% ao mês, mas a cria deu 1,8%. Ainda um retorno sobre o investimento operacional, que é o que eu ganhei sobre tudo que eu gastei, de 14,6%, e uma margem sobre a venda de 42,6%, produzindo um bezerro a R$ 884,00”, detalhou o consultor.

Os números foram revelados pelo estudo de benchmarking da consultoria e são referentes à safra 2019/20. O levantamento dos dados nesta temporada incluiu 447 fazendas que detém um rebanho total de 1,5 milhão de cabeças em todos os estados brasileiros, além de Paraguai, Colômbia e Bolívia.

Na sequência, Chaker revelou quais são os caminhos para atingir o potencial destacado inicialmente. “Quais são os índices que vão, juntos, me levar a esses resultados incríveis? O primeiro deles é você montar um projeto para superar a produção de sete arrobas por hectare ano. Chegar o mais perto de oito, se possível, que é a referência para os top rentáveis de cria. Esse número muda, melhora a cada ano”, indicou.

“O GMD global, que é o ganho médio do conjunto vaca-bezerro, foi 350 gramas. A lotação dessas propriedades é de 1,6 UA/ha. ‘Mas, Antonio, eu não tenho 1,6, eu tenho 0,8’. Muito bem, então prepare um projeto para, no ano que vem, ter 0,9, depois para 1 e assim por diante. Limpe as pastagens, redivida, fertilize – respeitando gastar 60% do que você produz – para melhorar a lotação e chegar a 1,6 UA/ha”.

O INDICADOR MAIS PODEROSO DA CRIA

“E aí vem o indicador mais poderoso da cria, que é desmamar 163 quilos de bezerro por matriz exposta (à reprodução). […] Essa conta é muito simples: total de quilos de bezerros desmamados, ou seja: (total de macho x peso de macho) + (total de fêmea x peso de fêmea) dividido pelo total de fêmeas em reprodução. E a cria, então, entregou 160 quilos”, apontou.

Chaker lamentou que a média brasileira ainda esteja muito abaixo desse patamar de resultado. “Você sabia que nós estimamos que o Brasil produza 88 quilos de bezerros desmamados por vaca exposta à reprodução? E aí você vê que para ser uma fazenda top rentável, ela precisa ter praticamente o dobro desse valor, ou seja, alta fertilidade, alta taxa de desmame e alto peso ao desmame para chegar nisso. Ou seja, vaca ganhando peso durante a monta com genética e sanidade em dia”, relacionou.

O zootecnista também confirmou como devem ser as relações de desembolso para alcançar os indicadores que levarão a fazenda de cria ao topo do resultado. “As fazendas de cria top rentáveis gastaram em torno de R$ 4,40 por cabeça ao mês em pastagem, R$ 5,80 com nutrição, no máximo 39% dos custos foram custos fixos – ou seja, mão de obra administração, imposto, manutenção da fazenda. E já que eu falei em mão de obra, é gastar em torno de R$ 10,00 por cabeça ao mês, que é com salários, encargos, prêmios e benefícios para a turma, além de organizar essa propriedade com uma relação de 711 cabeças para cada funcionário, podendo faturar R$ 249.000,00 por funcionário/ano”, disse Chaker.

“Com esse conjunto de iniciativas, você consegue trabalhar muito bem uma fazenda de cria. E do ponto de vista técnico aqui aplicado, você deve se lembrar que eu tenho novilha, eu tenho primípara e eu tenho multíparas. Cada uma dessas categorias deve ser cuidada de forma separada, com estratégias nutricionais sanitárias e genéticas distintas. Além disso, eu preciso lembrar que eu sempre devo ter um ganho de condição corporal durante a monta, com inseminadores muito bem preparados, com protocolos de qualidade”, advertiu o consultor.

Chaker lembrou também da importância da genética na composição da margem do criador. “Você que usa touro, seja para repasse ou monta, utilize sempre animais geneticamente superiores. A gente sabe que, afinal, um animal ruim precisa comer 13 a 14 quilos de matéria seca para ganhar um quilo de peso vivo, enquanto um animal bom come 4, 5 ou 6. Um animal ruim desmama com 150 quilos, enquanto o animal maravilhoso chega a desmamar com 240, 250 quilos sem creep feeding. Com creep feeding é ainda mais”, projetou.

“Que você tenha capricho e dedicação para você ter uma incrível fazenda de cria e rentável, com 1,8% ao mês”, convidou.

 

Fonte: Giro do boi

Link: https://www.girodoboi.com.br/videos/dicas-do-chaker/como-ter-uma-fazenda-de-cria-top-rentavel-que-ganha-ate-r-700-por-hectare/

21 de Dezembro de 2020

619

Autor

Inttegra
Inttegra

Título